Bolha no Mercado Corporativo

A bolha do mercado corporativo se faz presente nos mais variados segmentos, e muitas vezes, fica difícil de acreditar no seu poder de persuasão. Mesmo tão flexível em determinadas áreas, o mercado de trabalho também pode seguir regras bem rigorosas, desmascarando a presença da grande bolha, o tempo inteiro.

Afinal, você já se perguntou qual é o verdadeiro intuito da tradicional hierarquia, que, convenhamos, é bastante ultrapassada, com regras e “não me toques”? O que te faz inferior ao teu superior? O salário? O título?

É exatamente essa a questão. Em meio à essa grande bolha do mercado organizacional, situações constrangedoras, horas extras trabalhadas que jamais serão remuneradas, e até mesmo aquela famosa sensação de impunidade perante as ordens do seu chefe. Essa é a base da bolha.

Superior? É exatamente assim que se comportam os que possuem “subordinados”. Como se fossem intocáveis, muitas vezes, ousar questioná-los ou pensar de forma diferente, pode te levar ao longo e terrível corredor da demissão.

Quem nunca foi demitido por “falar demais”? Mas foi mesmo demais? Talvez, tenha sido o suficiente para te considerar uma ameaça. Sim, por incrível que pareça, o leão do mercado corporativo costuma atacar quando se sente em risco.

Que risco? O risco do conhecimento, seguindo o pensamento absurdo de que profissionais mais experientes passaram a ser vistos como ultrapassados. Ultrapassados, mesmo com toda a bagagem que carregam, mesmo com todos os méritos adquiridos em anos de empresa.

Infelizmente, a bolha do mercado corporativo passou a dominar absolutamente tudo. Esse pensamento retrógrado, mascarado de inovação, passou a ser argumento para demissões em massa, devido ao alto salário.

Injustiça. É essa a palavra que pode definir esse posicionamento do mercado, que descarta profissionais fieis e competentes por ganharem demais, ou profissionais jovens e cheios de ideias por falarem demais. Seja bem-vindo à bolha!

Até quando iremos aceitar essa tarja de inferioridade que nos é dada por puro ego? Afinal, por que somos obrigados a aceitar? O seu nível de conhecimento não pode ser tachado pelo posto em que lhe foi atribuído, ou pelo valor do seu salário. As regras, muitas vezes maquiadas, são as mesmas em qualquer empresa do universo. Ande na linha e não arranje problemas com o seu chefe. Esse é o verdadeiro segredo para o sucesso?

Chegou a hora de sair da bolha!